diariodofestival @ 10:51

Qui, 11/02/10

(João Filipe Oliveira & José Raposo)

 

Eurovision-Portugal (EP) - Participa pela primeira vez neste concurso. Como surgiu a ideia desta participação no Festival da Canção 2010?
Rui Nova (RN) - Esta foi a terceira vez que concorri. Estou a gravar um novo álbum e esta canção foi escrita na última semana em que podia concorrer. Achei que era uma grande balada… daquelas que a Eurovisão precisa e aposta! A letra é minha e fiz a música em conjunto com Noé Gavina que também estará em palco com a sua guitarra.


EP - O que poderá significar, para si, esta participação no Festival da Canção?
RN - Acima de tudo é o realizar de um sonho. Desde miúdo que acompanho os Festivais da Canção e da Eurovisão. Sou um fã dos Festivais… quase nem acredito que estou lá! Desta vez faço parte da história.


EP - Como descreve o tema "Uma Canção À Cid"?
RN - É uma grande balada à Zé Cid, com sabor a Johnny Logan e a pensar na Eurovisão. É um grito de amor, de desespero, daquele que todos demos…. Desaparece! Mas não vás… amo-te tanto! Esta é também a minha homenagem a um amigo de longa data e um verdadeiro ícone da nossa música: José Cid!


EP - No seu ponto de vista, qual a mais valia que o tema apresenta para merecer a vitória neste concurso?

RN - Precisamente o facto de ser uma canção melódica. Tem tudo para funcionar a nível nacional e internacional… É daquelas canções que nos tocam e que funcionam. Nada de étnico ou pop barulhento. É uma canção para a Eurovisão! Só isso!


EP - Os dados estão lançados e a ordem de actuação nas semi-finais já foi decidida. Sente-se confiante na qualificação para a final do Festival da Canção 2010?
RN - Claro. This is it. I´ll be the special one! É desta vez que ganhamos a Eurovisão! Yes we can! 'Bora lá, Portugal…


EP - Relativamente ao novo formato do Festival da Canção, com uma ronda de qualificação on-line e duas semi-finais, qual a sua opinião acerca do recurso à internet e consequente implicação nas votações do concurso?
RN - Francamente acho que a internet limita muito. Nem toda agente tem ou sequer sabe o que é, mas é um sinal de mudança e evolução. As semi-finais e finalíssima só vêm dar mais força a um grande festival.


EP - De forma breve, como descreve o seu estado de espírito a menos de um mês de pisar o palco do Festival da Canção 2010, numa das maiores salas de espectáculos do país – o Campo Pequeno?
RN - Sou locutor de rádio e já acompanhei três Festivais da Canção no início da década de 90. Agora faço parte da história do Festival da Canção. Estou confiante e determinado. É o realizar de um velho sonho. Trabalhar com o maestro Ramon Galarza é fascinante! Resumindo: This is it… 'bora lá para Oslo! P'ró ano o Eurofestival é em Lisboa…

 



Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
16
20

21
23
24
26
27

28


Arquivo
2010

Pesquisar
 
blogs SAPO